COMPREENDENDO A RELIGIÃO DA DEUSA

Introdução

Houve um tempo, muito antes do advento das religiões organizadas, quando quase toda a humanidade instintivamente percebia a divindade como uma amorosa e benevolente Deusa Mãe. Uma enorme quantidade de evidências arqueológicas foram encontradas para apoiar este processo, através do Oriente Médio, Europa e Ásia. Como então, espiritualidade evoluiu-se a partir desse conceito simples e pacífica, para as religiões rígidas e formalizadas que vemos ao nosso redor, no mundo moderno de hoje?

A transformação começou quando os bárbaros senhores da guerra na área do sul da Rússia e da Ucrânia invadiram o mundo antigo. Eles foram chamados Proto-Indo-Europeus (também "Kurgans"), e trouxeram com eles um auto-serviço de religião abusiva, baseada na adoração de um deus da guerra violenta que eles usavam para justificar seus atos de conquista e dominação.

A partir do caos no qual resultaram vários panteões de divindades. Eles foram invariavelmente conduzidos pelo arquétipo de um deus da guerra, na qual também se incluiu o arquétipo da Deusa-Mãe mas num papel menor. Depois de vários milênios, os seguidores dos deuses de guerra mais agressivos e intolerantes (Yahweh e Allah) alcançaram o poder político, e rapidamente perseguiram e destruíram as outras religiões. Assim, os últimos restos da cultura pacífica da Deusa desapareceram da consciência ocidental, e o caminho que a humanidade esteve destinado a seguir foi o de controle rigoroso e exploração espiritual.

No entanto, recentemente começaram a ocorrer algumas mudanças muito revolucionárias na área da religião. No oeste (mas, infelizmente ainda não no mundo árabe) o estado de direito impede as autoridades religiosas de perseguirem e silenciarem aquelas pessoas que se oponham à sua dominação política. Além disso, um corpo crescente de evidências históricas e arqueológicas começou a vir à tona, e têm revelado uma conta totalmente diferente da espiritualidade humana no que concerne às mentiras de auto-serviço que eles forçaram sobre nós em tantos séculos.

Este sítio web é dedicado ao re-despertar espiritual que está agora em curso. A primeira secção destina-se a fornecer um histórico bem documentado e preciso da religião da Deusa, sem o tipo de distorções deliberadas tão frequentemente encontradas em outras fontes. A segunda secção apresenta sugestões para a prática moderna da religião, de uma forma correcta e tradicionalmente não-feminista.

Convido você a tomar uma viagem intelectual comigo, para descobrir a verdadeira natureza da nossa herança espiritual, e saiba por que as pessoas modernas estão mais uma vez abraçando a forma antiga, pacífica e gratificante da espiritualidade.

Parte 1 - Nossa História:
Capítulo 1 - Artefatos Paleolíticos
Capítulo 2 - O Mundo Neolítico
Capítulo 3 - A Idade do Bronze
Capítulo 4 - Grécia e Roma
Capítulo 5 - Os Anos Finais
Capítulo 6 - A Natureza de Yahweh
Capítulo 7 - Pessoas Transgénero
Capítulo 8 - A Deusa na Suméria
Capítulo 9 - A Deusa no Egito
Capítulo 10 - A Deusa em Creta
Capítulo 11 - A Deusa na Índia
Capítulo 12 - Compreendendo a História

Parte 2 - O Revivalismo Moderno:
Capítulo 13 - As Nossas Crenças Básicas
Capítulo 14 - Alguns comentários sobre o Feminismo
Capítulo 15 - Preparando-se para a Prática Moderna
Capítulo 16 - Encontrando a Deusa


Agradecimentos

Existem mais de 100 links de referência clicáveis na seção história deste site. Quase todos eles vão levá-lo a uma página Wiki, que fornece algumas informações básicas úteis. Páginas Wiki têm a vantagem da simplicidade e conveniência, no entanto, às vezes, também contêm uma certa quantidade de informações erradas. Tenha a certeza de que muitas fontes das maiores autoridades foram também empregues durante a preparação deste sitio web.

O que se segue é uma lista parcial dessas fontes...

Gordon Childe
Jacqueta Hawkes
James Mellaart
Marija Gimbutas
Mark Munn
Eberhard Zangger
Sanford Holst
Walter Burkert
O Museu das Civilizações da Anatólia
O Instituto Britânico de Arqueologia
Oxford University
Dartmouth College
Brown University
A Universidade de Chicago
A Universidade de Liege


Para Leitura

Estão aqui mais alguns links para alguns materiais de referência relacionados: Recursos Adicionais


Fonte: http://www.cybele2.com/ (Maio de 2015)
Tradução: Rosa de Vénus (arosadevenus@gmail.com)

Sem comentários:

Enviar um comentário