segunda-feira, 29 de junho de 2015

Andrew Bartzis: Remoção de Contracto de Alma para a Libertação do Divino Masculino


Eu invoco todos os contractos espirituais que existem:
- no meu passado, presente e Ser futuro,
- os eus e a existência nesta dimensão corrente de tempo,
- e em todos os tempos correntes, acima e abaixo da Terra, centrada na onda senoidal da co-existência.

Neste exacto momento e em todo o presente momento co-criando, Eu proclamo todas as linhagens de DNA dos antepassados a juntarem-se e criarem um tribunal espiritual de equidade adequada, para que eu possa encontrar a solução e resolver todos os contractos que foram inseridos durante os processos de pré-parto, nascimento e puberdade. Eu invoco um tribunal espiritual adequado para ouvir com equidade o meu decreto de destituição de contacto.

Eu invoco todos os ancestrais, de todas as relações de alma, para que mantenham o espaço neste tribunal espiritual de equidade. Eu invoco a Mãe Terra e todos os seus habitantes internos e externos da Luz, para virem à frente e ocuparem este tribunal espiritual de equidade.

Oh, grande mistério que é a fonte de todo o poder, eu chamo-te. Vem com a tua sincronicidade sagrada para que todos os seres possam manter espaço com a consciência da unidade.

Eu chamo o Grande Espírito que vive dentro do Grande Mistério. A Vós, a quem os poderes da Mãe Terra se manifestam, eu chamo a Vossa sabedoria neste momento que "EU SOU".

Abençoe-me como eu ando neste solo sagrado. Abençoe-me como eu respiro o seu ar sagrado. Abençoe-me enquanto eu me aquecer no fogo sagrado. Abençoe-me com as suas águas sagradas da vida. Abençoe-me como eu aprendi a andar com poder pessoal.

Hoje eu viajo o grande desconhecido, conceda-me a sabedoria para ser humilde. Conceda-me a sabedoria para amar, mesmo quando o amor não é devolvido. Conceda-me o conhecimento para equilibrar a minha maneira de ser. Para que eu possa curar a minha família, a minha tribo, a minha nação e a nossa mãe Terra.

"Eu estou" pronto para invocar os meus direitos naturais enquanto soberano masculino nascido para a Mãe Terra, através de um ventre sagrado feminino que também nascera desta forma.

Eu invoco os meus direitos naturais enquanto ser da Mãe Terra. Eu nasci sob as leis naturais. Com esta sabedoria do meu nascimento natural, eu agora recupero o meu lugar no mundo natural.

Eu revogo todos os contractos energéticos com todas as pessoas, as quais tive relações sexuais, e que fora influenciado pelos mídia globais baseados na propaganda da pornografia. Eu regresso ao ponto zero enquando feto no ventre da minha mãe.

Eu revogo todos os contractos com todas as escolas de mistérios do sagrado masculino pervertido, que tenham operado com informações falsas ou que tenham criado uma sociedade de domínio patriarcal.

Eu revogo todos os contractos espirituais com a Terra baseados em religiões, culturas, sistemas de crenças e indústrias que dominam e controlam o poder do divino feminino no nosso mundo, criando desequilíbrios energéticos que afectam cada homem, mulher e criança no planeta.

Eu cancelo, trato ou apago todos os contractos que pervertem o sagrado masculino durante a fase canal do nascimento da vida.

Eu revogo todos os contractos espirituais que criam o sentido de competição entre as espécies de sexo masculino quando lidam com qualquer expressão do sagrado feminino. Eu revogo todos os tabus culturais que criam o distanciamento emocional das mulheres.

Eu revogo todos os contractos espirituais pervertidos que remetem de forma incorrecta o sexo que eu escolhi antes do meu nascimento.

Eu revogo todos os contractos que criam a perversão da expressão no comportamento sensual masculino.

E revogo a todos os contractos que estão, mantêm ou armazenam a minha sagrada energia masculina para promover a dominação nos desportos masculinos, actividades ou entretenimentos que desmoralizam ou degradem o sagrado feminino.

Eu revogo todos os sistemas de dominação patriarcal da unidade familiar. Eu retorno a todas as definições de família com a mãe Terra, para que todas as famílias possam curar e resolver os conceitos patriarcais.

Eu revogo todos os contractos culturais aos quais eu encarnei ou reincarnei a fim de criar a estrutura da sociedade dominada por homens. Eu regresso ao sagrado feminino, ao seu lugar certo e apropriado, enquanto parceiros iguais nesta experiência de co-criação da vida.

Eu revogo todos os contractos espiritual com todas as religiões nas quais eu tenha existido, em que não dá plenos direitos, deveres e responsabilidades em total igualdade com o sagrado feminino e masculino.

Eu revogo todos os contractos espirituais que, de qualquer forma, me mantêm ou me forçam por via de contracto da alma a servir na guerra. Eu apago toda a programação patriota que cria o desejo de guerra.

Eu revogo todos os contractos espirituais que definem o homem a estar orientado para a guerra. Eu revogo todos os contractos espiritual com todos os governos que eu tenha servido durante todo o tempo de guerra.

Eu revogo todos os contractos espirituais que criam uma predominância masculina baseada no complexo industrial militar de guerra.

Eu revogo todos os contractos que criam o masculino servindo/servindo-se da indústria sexual para dominar as mulheres de toda e qualquer forma.

Eu revogo todos os contractos espirituais que criam uma sensação de impureza com a minha sagrada expressão masculina. Eu revogo todos os contractos que me mantêm preso em vergonha, pena ou culpa, criados para perverter as personalidades masculina ou feminina.

Eu revogo todos os contractos com egrégores de incubus e sucubus, os quais eu possa ter negociado ao longo de todas as minhas vidas no passado, presente e futuro. Eu excluo agora toda a egrégore de incubus e sucubus da minha realidade por toda a eternidade.

Eu revogo agora toda a minha cidadania às representações de realeza, ditadura, monarquias religiosas, conselhos religiosos ou conceitos representativos de governo.

Eu removo agora permanentemente o meu ser de todas as sociedades entrelaçadas no tempo a sistema de dominação e controlo que causaram o esquecimento dos nossos professores orais/historiadores ao longo de todo o mundo indígena.

Por este meio, eu revogo todas as decisões que já fiz enquanto estive ao serviço do sistema de dominação e controlo. Todas as decisões tomadas por mim, por um contracto de alma Masculina prendendo-se a um governo Representivo, estão agora no tribunal espiritual adequados, com todos os ancestrais presentes para que possamos encontrar solução e resolver, que não seja por justiça ou julgamento.

Eu afirmo com toda a convicção soberana que eu (o meu nome) estou agora totalmente presente no poderoso Eu Sou. Declaro a partir deste ponto a diante que agora Eu opero permanentemente com um tribunal espiritual de equidade, quando relacionado com a cura do divino masculino ou feminino, de modo a perversão nunca mais reentrar no meu campo de expressão.

Por este meio, Eu declaro que a Mãe Terra está agora em domínio comigo e com todas as formas de relações interpessoais, com todos os tipos sencientes e co-existentes nos reinos da Mãe Terra.

Eu invoco todos os antepassados para honrarem esta leitura do meu livre arbítrio e inseri-lo no registo Akáshico da Terra, para que todo o tipo senciente entenda a nossa liberdade advinda com o uso do livre-arbítrio em todos os momentos.


Fonte: Andrew Bartzis (http://galactichistory.weebly.com/divine-masculinedivine-feminine.html)
Tradução: Rosa de Vénus (arosadevenus@gmail.com)

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Eliana Jolaya: Meditação para a Libertação dos Símbolos Sagrados (Actualização sobre o Símbolo Baphomet)

Nota: derivado à intensidade negativa contida no primeiro símbolo de Baphomet (reportando para a primeira mensagem http://reencontrandoadeusa.blogspot.pt/2015/06/libertando-os-simbolos-sagrados.html), os organizadores desta meditação viram a necessidade de alterá-la de modo a não criar más interpretações. O que está em causa é a dinâmica de libertação e purificação de padrões energéticos criados ao logo do tempo, causados por seres da não Luz que os utilizaram para fins que nada têm haver com original. Discernimento é uma ferramenta sempre muito necessária! ~ Rosa de Vénus

♥ Libertação do Baphomet: este símbolo foi entregue ao Templários por Isaías ♥

Meditação a realizar-se de 20 de Junho de 2015 a 19 de Setembro de 2015 às 18:00h UTC. Para ver o seu horário local clique neste link: http://www.timebie.com/std/utc.php?q=18 (em Lisboa equivale às 19:00h).


Procedimento:

1. Veja-nos a todos como gigantes anjos galácticos da luz à volta de um grande círculo em torno do planeta terra.
2. Crie um pilar de luz azul vindo do Sol Central ao redor e através de si, através de si e em redor de toda a terra.
3. Visualize a terra dentro de uma enorme rosa vermelha e veja o símbolo sagrado do Baphomet (ver imagem em cima) também incluída no interior da rosa vermelha. Sinta e observe como fica desprogramado.
4. Leve a terra e o símbolo para fora da rosa e traga a rosa para o Sol Central. Observe (!) como a rosa explode em luz dentro do Sol Central.
6. Você pode visualizar a terra e ver o símbolo em redor dela, fluíndo luz através dele... utilize o símbolo para criar harmonia entre as polaridades energéticas. Veja o símbolo na sua energia divina, como ele activa por todo o planeta a saudável energia sexual de amor entre homem e mulher.

(Ao longo do tempo símbolos diferentes estarão em foco.)

Por favor, para o seu próprio bem faça depois uma limpeza. Por exemplo, esta: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=897176393667949&set=gm.845323852176478&type=1&theater

Namastê
Obrigado por ter participado.

Se desejar, Junte-se ao Facebook aqui: https://www.facebook.com/events/842196869155843/


Fonte: Eliana Jolaya (https://eliana17.wordpress.com/liberating-the-sacred-symbols/)
Tradução: Rosa de Vénus (arosadevenus@gmail.com)

domingo, 14 de junho de 2015

Irmandade da Rosa: Nós somos aqueles que criam o Evento!



O poder de decisão para fazer o Evento acontecer está em nós!

Eu gostaria de lembrá-lo do facto de que nós, como seres, temos o livre-arbítrio. E o livre arbítrio é a força mais importante no universo e de como estamos criando através do uso do nosso livre-arbítrio. O livre arbítrio é um conhecimento esotérico do primeiro raio da própria criação.

Portanto, se queremos uma significative mudança positiva no planeta, se queremos que o Evento faça isso acontecer, é necessário que nós apliquemos esta força na nossa base diária, que nós diáriamente decidamos que o Evento aconteça de forma incondicional, irrevogável e absoluta!

Nós temos muitas ferramentas para fazer isso. Primeiro nós temos a nossa meditação da Libertação (veja Meditação semanal da Libertação: http://2012portal.blogspot.com/2015/02/weekly-liberation-meditation-update.html

Também no youtube: https://www.youtube.com/watch?v=ukXdlvlvf_I, e aqui em muitas línguas: http://smaly7.blogspot.hu/p/blog-page_31.html

Toda vez que fazemos esta meditação, nós ajudamos as Forças da Luz em seu progresso para a libertação do planeta e do nosso Sistema Solar. Cada vez que usamos o nosso livre arbítrio desta forma, estamos a um passo mais perto do Evento.

Temos também outras ferramentas de como simplesmente podemos fazer a nossa decisão diária do Evento, a ter lugar usando o chamado decreto (= ordem, comando). Você pode formular o seu próprio decreto, por exemplo:

"Eu, Ser de Luz divina, decreto que o Evento aconteça de forma incondicional, irrevogável e absolutamente, agora!" Assim seja, assim seja e assim é!

A terceira ferramenta é a visualização do impulso de Luz do Sol Central da Galáxia no momento da Ruptura de Compressão (nota tradutor Compression Breakthrough).

Nós visualizamos o flash de energia vindo do Sol Central da Galáxia accionando o Evento neste momento agora. Você visualiza e mantém a visualização por cinco minutos, por exemplo. Antes, nós podemos fazer a conexão com a Civilização Central da Galáxia, com as almas gémeas Aion e Iona. Nós simplesmente respiramos a sua presença em nosso coração. Também é importante que nós envolvamos os nossos sentimentos nesta visualização.

Há também a Meditação Ruptura de Compressão, onde nós visualizamos as nossas vidas após o Evento. Você pode usar a meditação de Ruptura de Compressão da seguinte forma:

* Vá para um estado de meditação profunda. Feche os olhos, relaxe a mente, corpo e emoções.
* Visualize você acordando no meio da manhã, 30 dias após o Evento.
* Veja onde você acordou, sinta o ar a seu redor, o que está em torno de si, como você se sente?
* Como você se prepara para o novo dia, veja a onde você está indo, e o que você está indo fazer. O que você vai encontrar e com quem vai encontrar-se, e em como você sente isso?

Você deve saber que nós como criadores decidimos quando é que o Evento vai acontecer. A libertação está literalmente nas nossas mãos. Se houvesse uma massa crítica de pessoas (144.000 deles) que o fizessem, ou apenas um que fosse capaz de tomar a decisão a 100% para a libertação, a libertação já teria acontecido.

Se nós estamos apenas esperando pelas Forças da Luz a libertar este planeta, isto pode levar muito tempo. É preciso compreender que também eles estão limitados nas suas acções, e o factor mais crucial que está causando este atraso é a decisão, consciente e inconsciente, da maioria da população da Terra para o Evento não acontecer.

Vemos isto quando olhamos para a imagem inteira da população mundial, a maior parte ainda não tem conhecimento do que representa o Evento, e aqueles que estão, muitas deles estão em descrença, tal como "isto não é da maneira como irá acontecer '(tal como este chavão esotérico ultrapassado: "a libertação acontecerá somente através da evolução da espécie humana"), os outros estão inundados por todo o tipo de dúvidas que tiveram origem principalmente na programação e implantes na massas humanas (tal como "o Evento é uma armadilha, é demasiado perfeito "), mas a posição mais insidiosa é quando a indiferença e tibieza são a verdadeira falta na tomada de decisão, e de usar o livre arbítrio.

Portanto, nós temos muitas ferramentas para fazer o Evento acontecer e podemos até mesmo criar novas. Eu descrevi apenas as mais básicas. Cabe a você a aplicá-las, compartilhá-las e desenvolvê-las.

Há, por exemplo, tão poucos chamados e lembretes para fazer a Meditação de Libertação Semanal, ou outras acções informativas de libertação de tantos grupos de Preparar a Mudança no Facebook (tr. Prepare For Change Facebook). E também há uma grande necessidade dos administradores desses diferentes grupos locais assumirem a responsabilidade e o cuidado desses grupos. Portanto, esta é também uma chamada para atender os compromissos das pessoas.


Lembre-se, Nós somos aqueles que criam o Evento!


Fonte: Prepare for Change/Sisterhood of the Rose (www.prepareforchange.net)
Tradução Rosa de Vénus (arosadevénus@gmail.com)

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Andrew Bartzis: Remoção de Contracto de Alma para a Libertação do Divino Feminino

 

Eu invoco todos os contractos espirituais que existem:
- no meu passado, presente e Ser futuro,
- os eus e a existência nesta dimensão corrente de tempo,
- e em todos os tempos correntes, acima e abaixo da Terra, centrada na onda senoidal da co-existência.

Neste exacto momento e em todo o presente momento co-criando, Eu proclamo a todas as linhagens de DNA dos antepassados a juntarem-se e criarem um tribunal espiritual de equidade adequada, para que eu possa encontrar a solução e resolver todos os contractos que foram inseridos durante os processos de pré-parto e nascimento.

Eu invoco um tribunal espiritual adequado para ouvir com equidade o meu decreto de destituição de contacto.

Eu revogo todos os contractos espirituais com a Terra baseados em religiões, culturas, sistemas de crenças e indústrias que dominam e controlam o poder do divino feminino no nosso mundo, criando desequilíbrios energéticos que afectam cada homem, mulher e criança no planeta.

Eu invoco todos os ancestrais, de todas as relações de alma, para que mantenham o espaço neste tribunal espiritual de equidade.

Eu invoco a Mãe Terra e todos os seus habitantes internos e externos da Luz a virem à frente e ocuparem este tribunal espiritual de equidade. Oh, grande mistério que é a fonte de todo o poder, eu chamo-te.

Vem com a tua sincronicidade sagrada para que todos os seres possam manter espaço com a consciência da unidade.

Eu revogo agora os contractos com todas as religiões e sistemas de crenças culturais que colocam o feminino em uma posição dominada pela desigualdade. Isto incluem as projecções de desigualdade salarial, a incapacidade para a mulher de ganhar a vida, ser proprietária de terra ou de negócios, ou de receber uma educação da sua escolha.

Eu não consinto o movimento feminista que foi criado e financiado pela CIA para separar a mulher do seu poder divino feminino, de modo a fomentar o ódio pelos homens e criar a separação e divisão na unidade da alma familiar.

Eu revogo agora todas os sistemas de crenças culturais que criam expectativas do "dever da mulher" de modo a mantê-la num encargo irrealista e fazê-la sofrer sozinha e em silêncio.

Eu não consinto que todos os sistemas sociais que tenham sido postos em prática façam da mulher demasiado sensível, ou emocional, ou descontrolada, na tentativa de desfavorecer a alma da mulher e fazê-la sentir-se instável ou insignificante.

Eu revogo agora a todos os contractos de sistemas de crenças culturais onde as crianças do sexo feminino são assassinadas ao nascer, sexualmente mutiladas como um suposto "direito de passagem", vendidas por bilhões de dólares na indústria de pornografia infantil, ou traficadas como escravas sexuais.

Eu não consinto a indústria pornográfica, que tem sido o terreno fértil para os contractos espirituais de perversão sexual, exploração, degradação, vitimização e abastardamento do divino poder feminino.

Eu revogo agora aos seguintes contractos espirituais de perversão sexual, que são direccionados para separa a mulher do seu divino poder feminino:

- Todos os grupos sexuais ou programas de poligamia que são todos a perversão da sexualidade divina, visando a mulher a sentir-se, como se de alguma forma, ela "não é suficiente";

- Todas as normas duplas nos sistemas de crenças culturais onde a promiscuidade sexual recreativa, várias esposas, haréns e amantes são permitidas e celebrada por um homem, e que causam a ruina social da mulher.

- Todos os programas que criam as projecções que os homens colocam sobre as mulheres enquanto se masturbam, bem como as fantasias perversas que são usadas como barreira entre o espaço do coração do homem e da mulher na ligação sexual sagrada.

Eu não consinto estes contractos espirituais de perversão sexual. Vocês não têm qualquer poder sobre mim. Eu declaro que a Mãe Terra está no domínio comigo, assim como a minha família de alma e os meus ancestrais. Eu declaro que agora, eu estou limpa de todas estas projecções de perversão sexual e retorno à Fonte da inocência como um Ser soberano divino feminino.

Eu revogo agora a todos os contractos e conceitos criados na inocência ou em estados ignorantes do Ser. Eu declaro uma nova forma de limpeza espiritual e física. Eu revogo todos os conceitos anteriores auto-criados de limpeza e quaisquer anexos pervertidos para mim mesma. Esta nova invocação de limpeza remove todos os conceitos anteriores da sexualidade sagrada, sensualidade e sexo recreativo. Eu levo-os todos de volta ao ponto zero do feto do útero materno. Eu reconecto todos os meus filamentos de DNA com os batimentos cardíacos da mãe Terra.

O sagrado feminino está ligado ao seu coração no seu espaço sagrado feminino e não nega o seu ciclo menstrual, ela aceita-o como um momento de introspecção, retrospecção e reflexão.

Eu revogo agora a todos os contractos espirituais com a indústria do entretenimento e publicidade que criaram programas de auto-ódio, baixa auto-estima, auto-medicação, auto-mutilação, distúrbios alimentares, etc.

Eu revogo agora a todos os contractos espirituais com a indústria médica que têm prejudicado a saúde da mulher e a capacidade para reproduzir de acordo com as leis naturais da Mãe Terra. Os medicamentos de controle de nascimento e outros produtos químicos na nossa água, comida e no ar que causam esterilidade ou excesso de sexualidade. Bem como a roupa que é prejudicial para a saúde da mulher, como o sutiã, saltos, espartilhos, pés apertados e tampões.

Eu revogo todos os contractos criados através de cesariana, drogas na gravidez, raio-x pré-natal, vacinação, incubações, crianças que não são colocadas no coração das mães após o seu nascimento, e a remoção da placenta e corte do cordão umbilical, que pode ficar intacto até 4 dias, para permitir que o coração da criança se ligue com a mãe e o pai.

Eu não consinto com todos os programas que visam tornar a mulher a sentir-se muito gorda, muito magra, muito velha, muito jovem, muito escura, muito clara, muito étnica, muito rica, muito pobre, ou qualquer outra projecção que faça uma mulher sentir-se que ela não é de alguma forma boa o suficiente.

Eu declaro agora que, Eu sou boa mais que suficiente, Eu sou a consciência infinita. Eu sou Deus-Deusa encarnados. Eu sou um ser soberano e tenho a honra de recuperar o meu divino poder feminino neste tribunal espiritual de equidade.

Eu invoco todos os antepassados para honrarem esta leitura do meu livre arbítrio e inseri-lo no registro Akáshico da Terra, para que todos os tipos sencientes entendam que a nossa liberdade vem em todos os momentos pelo uso do livre-arbítrio.


Fonte: Andrew Bartzis (http://galactichistory.weebly.com/divine-masculinedivine-feminine.html)
Tradução: Rosa de Vénus (arosadevenus@gmail.com)

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Ishtar Antares: O retorno da Deusa

Depois de muitos milénios a Deusa está voltando. A sua energia está chegando lentamente, quase sem aviso prévio, mas um dia ela irá transbordar o mundo. O seu fluxo silencioso e subterrâneo está extinguindo lentamente a sede acumulada no coração dos homens sem que ninguém perceba. A sede que nada mais pode saciar. Nem oração, nem meditação, ou exercícios complicados de ioga. Nem a leitura dos livros sagrados de sabedoria eterna. Nem milhares de experiências que o mundo possa oferecer.


Por milénios a Deusa esteve gritando debaixo do calcanhar do mundo patriarcal. Passou tanto tempo que todos se esqueceram se alguma vez ela existiu. O seu pálido reflexo foi visto em algumas vezes nas estatuetas empoeiradas e esquecidas nos depósitos dos museus. Ou, nas gotas das águas cintilantes num arco-íris numa cachoeira na selva amazónica, longe do mundo humano. Ou, nos olhos dos amantes, naqueles momentos fora do tempo após a sua união. Ou, nos movimentos de uma rapariga dançando, quando ninguém a pode vêr.

A falta da suavidade feminina no mundo rígido masculino criou o desequilíbrio que conduziu este mundo à beira da extinção. Agora que o sistema patriarcal está lentamente caindo aos pedaços, uma memória retorna nas rachaduras da matriz. A memória do paraíso que era uma vez, um paraíso que será de novo...

Nos tempos Neolíticos da velha Europa, a adoração aos poderes de cura da Deusa mantiveram a civilização em equilíbrio por centenas de gerações. A Deusa era a fonte de tudo o que sempre foi, uma mãe, uma educadora, um guardiã da vida, portadora dos cíclos da vida e da morte. Nas cavernas sagradas e nos bosques sagrados, rituais íntimos ocorriam como em oferenda à Deusa. Os povos antigos marcavam os ciclos naturais dos equinócios e solstícios com celebrações e festivais de amor sexual, nascimento e renovação espiritual. A iniciação nos mistérios da Deusa geralmente ocorriam numa caverna subterrânea, espaço subterrâneo ou similar, caminhando por um labirinto onde, em seguida, através de um ritual fundiam-se a Deusa e o Deus Cornudo no centro do labirinto. Simbolicamente o labirinto representa o mapa de mundo interior humano e o caminho espiritual, a mandala da alma humana, enquanto que o ritual de fusão entre a Deusa e o Deus representa a junção dos princípios feminino e masculino na psíque humana.

As Sacerdotisas da Deusa eram as guardiãs do tempo. O tempo que está fluindo em espiral, através da troca natural das estações, através dos momentos sagrados de amanhecer e entardecer. A Triplicidade da Deusa reflectida nas fases da lua, mostra-se ela mesma na vida das mulheres como o arquétipo da Donzela, de Mãe, e de Anciã. A Donzela é o símbolo da vida em si mesma, a Mãe é a que dá a vida, a anciã é o símbolo da morte. Assim, a Deusa tripla mostra sensivelmente o ciclo natural da vida e da morte, sendo que a morte é a porta para uma nova vida.

Além disso, as Sacerdotisas da Deusa eram guardiãns da energia da vida. Esta energia da vida que se manifesta de duas maneiras. Primeiro é a energia de fertilidade que traz a nova vida física, que também era, a energia do amor sexual que traz a nova vida espiritual. Nos tempos Neolíticos toda a sociedade era permeada com ambas as energias da vida, portanto, era uma sociedade feliz que conhecia a felicidade que o homem moderno perdeu.

Mas esse paraíso não durou para sempre. No final do período Neolítico, os ferozes guerreiros Kurgan invadiram com os seus cavalos para além da estepe Caucasiana a velha Europa. Eles odiavam a Deusa. Eles odiavam a mulher, destruindo a sua sexualidade com violações brutais. Eles criaram a hierarquia e a sociedade patriarcal como a conhecemos hoje. Eles trouxeram guerras e violência ao qual os pacíficos povos neolíticos, adoradores da Deusa, não sabiam como resistir. Eles foram subjugados, mas a sua crença e fé na Deusa era forte e continuaram-na por milénios. As Sacerdotisas da Deusa estiveram activas na Suméria como naditu, as sacerdotisas do amor que não estavam autorizadas a casar, mas em vez disso, estavam encarregues de trabalhar no templo como terapeutas e iniciadoras na energia da vida sexual. Esta tradição continuou na Assíria e Babilônia onde alcançou os povos semitas. As sacerdotisas estiveram activas entre os judeus como quadesha, e entre os gregos como hierodulai.

A última quebra na energia da Deusa veio do Cristianismo institucional, quando no ano 392, o imperador romano Teodósio proibiu todos os rituais pagãos, e quando monges fanáticos de capuz preto, de olhos vidrados e espumando da boca, apagaram os templos pagãos, demoliram as estátuas, destruiram os bosques sagrados, violaram as sacerdotisas. O símbolo Cristão de um homem sofredor, torturado e colocado numa cruz veio substituir o delicado, sensual e convidativo corpo da Deusa por um longo período de tempo.

Mas agora a Deusa retornou. Nas últimas décadas, um novo impulso das energias femininas estão voltando das profundezas do espaço e está trazendo o equilíbrio de volta ao mundo. Estas novas energias têm provocado o surgimento de muitos novos movimentos espirituais, tais como o movimento hippie na década de sessenta, o renascimento do neopaganismo e o amplo interesse pela espiritualidade. Muitas mulheres têm redescoberto a Deusa dentro de seu ser e novamente começado a trabalhar como sacerdotisas.

A Deusa retorna. Nos seus bosques sagrados a primavera está voltando. As águas das suas fontes regeneradoras estão começando a circular nos cansados corpos humanos e nas almas. Nas cavernas subterrâneas, os rituais dedicados à Deusa estão acontecendo novamente. E eu chamo-o, peregrino no caminho da Luz, para se juntar a ele.


Autor: Ishtar Antares (http://www.aurora2012.net/Articles.html)
Tradução: Rosa de Vénus (arosadevenus@gmail.com)

Ishtar Antares: Famílias de Alma

O mundo que você está vivendo está cada vez mais perto de uma mudança total. Primeiros sinais de que a mudança já está aqui. A crise financeira mundial é o resultado do influxo de fortes energias cósmicas do Sol Galáctico Central, que são transmitidas através dos planetas exteriores do nosso sistema solar, especialmente envolvendo Plutão. Estas energias ao entrar no nosso planeta trazem à tona tudo o que estava escondido e reprimido. Dentro do aumento da vibração destas novas energias, um sistema de exploração tal como existe agora em nosso planeta, não pode existir por muito mais tempo. A crise financeira vai continuar até ao ponto em que a humanidade será forçada a estabelecer um sistema de intercâmbio justo para todos. 2010 é o último ano em que as coisas permanecerão o "negócio do costume". Já em 2011, as mudanças provavelmente tornar-se-ão mais físicas e tudo isso vai levar a um ponto culminante em 2012, onde haverá uma súbita mudança de realidade para todo o planeta rumo a um futuro mais positivo.

Essas mudanças de energia cósmica vão levar os indivíduos a enfrentarem os seus medos e a olharem mais profundamente para dentro onde eles antes não desejavam ver. Esta será a maior crise espiritual que a humanidade jamais experimentou. Mas esta crise é a única maneira para nós, como seres humanos, pararmos de nos comportarmos como ovelhas e, finalmente, tornarmo-nos em seres de luz, como sempre foi o nosso propósito maior.

A purificação da escuridão chegou ao ponto em que aqueles que estão dispostos podem começar agora a criar áreas de luz. Elas vão ser criadas primeiro na consciência, na nossa interconexão. Esta interconexão não era possível ser criada no nosso velho mundo. No nosso velho mundo em que se estávamos conectados uns com os outros a partir da perspectiva das famílias de personalidade. No novo mundo estaremos conectados uns aos outros como famílias de alma. Apenas nas áreas de luz criadas a partir da interconexão, permitirão uma transição suave para a nova época onde o sistema financeiro criado eras atrás, pelas forças de ocupação no nossos planeta, cair finalmente.

As família de personalidade como a célula básica da sociedade são uma das principais ideias ilusórias que foram implantadas à humanidade no tempo da Atlântida. Esta ideia provocou uma mudança no foco da consciência do plano da alma para o plano da personalidade, e também causou a criação de relações baseadas na genética, o que levou à corrupção do mapa genético da humanidade. Se as energias da alma não entrarem nos doze filamentos etéricos do DNA, as habilidades espirituais mais refinadas começam a deteriorar-se, e é criada um matriz ilusória que altera a experiência de vida num labirinto.

As família de alma numa encarnação física são sempre criada pelos seus membros quando reconhecem-se uns aos outros como almas, especialmente quando reconhecem a sua própria posição na mandala família de alma e ao tornando-se conscientes da natureza e finalidade das suas inter- relações. Quando uma família de alma é criada no plano físico, isso acciona automaticamente o processo de Ascensão, um processo que eleva a frequência vibracional de todos os seus membros para a quinta dimensão.

Para que este processo ocorra deverá haver uma ligação entre os membros da família de alma em todos os planos de criação. O mais importante é a conexão da alma que é consciente, na medida em que é reconhecida pelo cérebro físico, em todos os membros da família alma. No plano mental esta conexão manifesta-se como um fluxo livre de ideias, compreensão e comunicação pura entre os membros da família de alma. No plano emocional esta conecção mostra-se como um fluxo livre de energia emocional, clara expressão emocional e empatia entre todos os membros. No plano físico manifesta-se como expressão do amor através da acção, o toque amoroso, e claro, o fluxo da energia sexual-amorosa entre os membros de polaridade oposta

No plano da alma existem diferentes níveis de interconexão entre os vários membros da família de alma. As conexões entre almas gémeas são as mais fortes, elas vão começar a ser estabelecidas somente após o Primeiro Contato entre a nossa civilização planetária e as forças planetárias de luz exteriores. Conexões entre companheiros de alma também são muito poderosas. Há uma certa atracção eletromagnética que ocorre entre os companheiros de alma e que permite a transformação de todas as sub personalidades reprimidas e inconscientes. Há também uma conexão básica subjacente entre todos os membros da família de alma, entre todos os irmãos e irmãs da luz. Esta conexão é baseada num propósito comum, e o papel comum, na manifestação das missões divinas para a qual nós nascemos. 

As interacções dentro da família de alma criam círculos dentro de círculos nos vórtices em movimento espiralado, que criam uma ponte de transição entre o nosso mundo tridimensional e os mundos de quinta, sexta e sétima dimensões. Esses vórtices espirais activar o nosso corpo de luz e servem de plataforma para a nossa transição num novo estado de consciência.

As crianças Índigo e Arco-Íris da nova geração dentro da família de alma não serão trazidas somente pelos os seus pais genéticos, mas uma vez por toda a comunidade, assim eles irão crescer como indivíduos muito mais saudáveis. A energia sexual, reprimida pelas religiões há milénios e manipulada pelos meios de comunicação modernos, será finalmente lançada e conectada com a energia da alma. As mulheres vão descobrir novamente o seu papel como deusas, libertando a sua sexualidade, conectando-a com a alma e começando a curarem-se nela. Os homens voltarão a ser visionários, heróis e construtores do novo mundo.

Quando criarmos áreas suficientes de luz através da nossa interconexão com a família de alma e quando o nosso sistema financeiro chegar a um ponto crítico de decadência, as famílias de alma decidirão por viverem juntas fisicamente e começarão a criar comunidades de luz. Estas irão aprender a agir de acordo com os princípios da consciência superior. Quando esta consciência estiver desenvolvida o suficiente, estas comunidades crescerão em ilhas de luz. Estas ilhas de luz serão pontos no planeta que irão estabelecer o Primeiro Contacto com as forças da luz extra-planetárias. Estas forças da luz irão apagar todos os conflitos militares remanescentes e introduzir a era de paz para a humanidade. Será o alvorecer da nova era, a era de Aquário...


Autor: Ishtar Antares (http://www.aurora2012.net/Articles.html)
Tradução: Rosa de Vénus (arosadevenus@gmail.com)

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Eliana Jolaya: Meditação para a libertação dos Símbolos Sagrados



Actividade aberta a todos os Grupos da Irmandade da Rosa

♥ Libertação do Baphomet: (libertação da programação negativa feita pelos satânicos) ♥

Meditação a realizar-se no próximo sábado, dia 6 de Junho de 2015 às 18:00h UTC. Para ver o seu horário local clique neste link: http://www.timebie.com/std/utc.php?q=18 (em Lisboa equivale às 19:00h).


Procedimento:

1. Veja-nos a todos como gigantes anjos galácticos da luz à volta de um grande círculo em torno do planeta terra.
2. Crie um pilar de luz azul vindo do Sol Central ao redor e através de si, através de si e em redor de toda a terra.
3. Leve a versão distorcida do Baphomet (imagem 1) para o Sol Central e observe como ele se dissolve.
4. Visualize a terra dentro de uma enorme rosa vermelha e veja o símbolo sagrado do Baphomet (ver imagem 2, do homem e da mulher unidos) também incluída no interior da rosa vermelha. Sinta e observe como fica desprogramado.
5. Leve a terra e o símbolo para fora da rosa e traga a rosa para o Sol Central. Observe (!) como a rosa explode em luz dentro do Sol Central.
6. Veja o verdadeiro símbolo do Baphomet unindo homem e mulher, e como ele activa em todo o planeta a energia sexual-amor saudáveis entre homem e mulher.

(Ao longo do tempo símbolos diferentes estarão em foco.)

Por favor, para o seu próprio bem faça depois uma limpeza. Por exemplo, esta: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=897176393667949&set=gm.845323852176478&type=1&theater


Namastê
Obrigado por ter participado.

Se desejar, Junte-se ao Facebook aqui: https://www.facebook.com/events/842196869155843/


Fonte: Eliana Jolaya (https://www.facebook.com/events/842196869155843/)
Tradução: Rosa de Vénus (arosadevenus@gmail.com)

Untwine: Meditação da Linguagem do Amor

Há um fluxo de energia de amor divino que está naturalmente fluindo através de todas as coisas na criação.

Este fluxo é feito de uma variedade de mensagens que vêm diretamente da Fonte, todos eles criam a dança da riqueza da criação. Este fluxo de Amor vem até nós, e através de nós, sob a forma da sagrada, pura, expressão sexual.


A separação do Amor e da Sexualidade é o programa criado pelas forças das trevas.
A repressão ou sequestro da sexualidade são também programas criados pelas forças das trevas.

Todos os professores que tiveram uma verdadeira conexão falam da importância e da sacralidade da sexualidade, incluindo Jesus e Maria Madalena.

A relação sexual é uma parte importante da energia sexual, no entanto a energia sexual existe muito além dela. É a nossa maior força de vida. É por isso que, quando um animal ou um ser humano é castrado, ele perde o seu espírito de liberdade e torna-se uma ovelha, domesticada. O programa das forças escuras objectiva exatamente isso, em castrar os seres humanos energeticamente.

Vamos dar os primeiros passos na remoção deste programa agora.

A primeira chave da sexualidade sagrada é que a energia deve ser aceite, e permiti-la fluir dentro de si mesmo de acordo com a sua própria natureza. Se não for permitido fluir dentro, ela não desaparecerá, mas é obrigada a expressar-se em todos os tipos de formas distorcidas, como numa panela de pressão. Só quando é permitida, ela pode expressar novamente a sua verdadeira natureza original, que é sempre positiva, amorosa, harmoniosa.


A seguinte meditação foi criada para ajudar-nos a reconectarmo-nos totalmente com a nossa energia sexual e a sua verdadeira natureza. Por favor, leia todas as instruções até ao final antes de iniciá-la:

1. Encontre um lugar onde você pode estar sozinho e sem ser interrompido, onde você pode sentir-se seguro e na sua própria energia por pelo menos 10 minutos, e estabelecer-se confortavelmente.

2. Observe todos os movimentos de energia, todos os impulsos que estão acontecendo no seu corpo. Veja a matéria, original, verdadeira natureza de todos estes impulsos, veja que está sempre simplesmente querendo Amor, querendo dar e receber Amor, a todos os níveis. Veja a natureza sexual destes impulsos: o desejo de experimentar o Amor verdadeiro com todo o seu ser, física e não-físicamente. Veja isto em todo o seu ser: no seu interior, no seu coração, no seu cérebro, nos seus órgãos sexuais, em todos os seus chakras, em cada uma das suas células, em todo o seu ser.

Permita que todos esses impulsos originais, crus, não-processados da Fonte se expressem livremente e totalmente dentro de si, para fluir livremente onde eles devem, em qualquer lugar dentro do seu corpo.

Tome seu tempo para fazer isto.

Você pode usar esta música para fazer esta meditação, se o desejar. O título e a inspiração da canção é Rasa Lila, que significa a Línguagem, a Dança do Amor entre Shakti e Shiva, as puras energias divinas femininas e as energias divinas masculinas. 



Fonte: Untwine (http://recreatingbalance1.blogspot.pt/2015/06/language-of-love-meditation.html#comment-form)
Tradução: Rosa de Vénus (arosadevenus@gmail.com)